April 20, 2016 Bellysketcher

Pintura da gravidez com angustias escolares

Pintura da gravidez e “receios escolares” pelo meio

Uma educadora (não tão timida), uma pintura da sua gravidez e pensamento para a vida.

A Filipa contactou-me e disse-me que era demasiado tímida para uma sessão presencial, mas queria muito uma pintura da gravidez. Eu usei todos os meus truques influenciadores ( argumentos objectivos) para mostrar-lhe que não se arrependeria de ser desenhada ao vivo. E ainda bem, a Filipa e a Maria não se arrependeram! Falámos sobretudo da Escola e de como ela pode estar desactualizada. Continuem a ler!

pregnancy paintings

A Filipa é educadora de infância. Tem uma profissão que todos os pais sabem ser das mais importantes. Os educadores de infância têm a notável tarefa de educar os nossos filhos e quase sempre passam mais tempo com eles que nós. Os nossos filhos são um reflexo dos seus pais e são um reflexo dos seus educadores.

Durante a sessão falámos sobretudo da Escola, do que ela representa, de como funciona e quais as nossas expectativas em relação ao que as crianças fazem e aprendem nas escolas.

Tenho que admitir que a Escola me deixa angustiada.

Cada vez mais se ouvem pedagogos, psicólogos, professores a questionar a essência da escola como Ken Robinson ou Eduardo Sá e depois há experiências maravilhosas que nos mostram que as soluções talvez não sejam assim tão difíceis de encontrar como a Escola da Ponte.

Os argumentos são imbatíveis: o actual sistema escolar remete para a revolução industrial;o professor deixou de representar o bastião do conhecimento, a sectariazação do conhecimento ( em vez de mostrar como tudo se relaciona) torna as matérias mais desinteressantes e sem aplicabilidade ao mundo real. As nossas crianças sabem fracções com 7 anos mas têm dificuldade em preparar para si próprias uma Sandwich. Temo que não estejamos empenhados em educar crianças seguras e independentes, estamos sim a preparar futuros profissionais. Muitas vezes creio que é fácil parecer a mesma coisa, mas a nossa vida não é a nossa profissão.

Não acho que se devam responsabilizar os professores. Os professores são intrépidos heróis que no meio da burocracia e ordens contraditórias seguram as pontas pelos alunos. Muito obrigada aos professores e educadores.

Decidi que a melhor maneira de lidar com a minha própria angustia (em relação aos meus filhos) era de garantir que, tal como a família,  as suas educadoras de infância lhes mostrassem que, independentemente dos seus percursos escolares, há valores que terão que ter presentes a vida toda. Ensino aos meus filhos a nunca parar de questionar, a nunca parar de pensar, a querer sempre saber mais, que mesmo que uma resposta a uma pergunta não exista ainda, não significa que não discutamos o assunto. Quero que eles sejam críticos mas justos em relação ao que os rodeia. Quero que tenham um pensamento livre e sejam sempre criativos sem nunca perder o entusiasmado pelo que fazem. Quero que sejam seguros e confiantes e que continuem sempre perguntar porquê.

Não são objectivos pequenos… mas para os nossos filhos queremos sempre o melhor, não é?

 

Comment (1)

Comments are closed.

Maternity Portraits I Watercolor Portraits I Maternity Watercolour Portraits I Watercolor Paintings I About Bellysketcher I Maternity Portraits Gallery I Blog I